Um novo mundo nos espera. E ele, a cada dia que passa, é ainda mais digital.
😱😱😱😱😱🚀🚀🚀🚀🚀🚀

Posts recentes!

seguro para celular

Será que a vale a pena a contratação de um seguro para celular?

Muitas pessoas possuem essa dúvida, se a contratação do serviço de seguro para celular realmente vale a pena. O questionamento é porque vivemos em tempos de violência e o trabalhador passa por muita coisa em sua dia-a-dia para conquistar um bem, para em poucos segundos perder, nesse caso seria o seu smartphone.

Com o aumento dos índices de violência e criminalidade, as pessoas estão avaliando cada vez mais a compra de um smartphone que acabou de ser lançado, para evitar “que chame atenção” de bandidos. E o seguro para celular, normalmente tem um preço elevado, isso leva a um questionamento, será que realmente vale o investimento?

seguro para celular

Para aproveitar seu smartphone ao máximo onde e quando quiser, você precisará de um plano de celular com velocidade e capacidade! Conheça o Maistim.com.br e contrate planos agora mesmo!

 Antes de responder sua pergunta, precisamos avaliar diversos fatores. Alguns seguros só realizam a cobertura de roubos ou furtos qualificados. A anuidade, dependendo do modelo do seu smartphone, pode chegar até 50% do valor do seu aparelho, enquanto um seguro residencial ou de carros, não ultrapassa o valor de 10%.

Logo, o seguro para celular é mais interessante para quem opta por aparelhos mais caros e que “chamam mais atenção”. Além do valor do seguro, é importante avaliar todas as coberturas que estão sendo incluídas no contrato, qual o valor da indenização e existe cobrança de franquia, em caso de ocorrência de sinistro. Tais informações precisam constar na apólice do seguro, por isso não pule essa etapa do processo e leia toda a apólice.

Como avaliar se realmente a contratação do seguro para celular vale a pena?

Antes de realizar a contratação do seguro para celular, fique atento à alguns pontos que citaremos a seguir, para que seja possível avaliar se no seu caso, o seguro realmente vale o investimento.

Quem realiza a venda de seguros para celular?

Os seguros são comercializados pelas operadoras de telefonia móvel, também por seguradoras (as mesmas que comercializam seguros para residências e carros), nas lojas próprias das marcas de telefonia, por algumas instituições bancárias e por lojas de varejo que realizam a venda dos aparelhos.

Cada um possui sua própria apólice, sua cobertura e suas exigências, por isso é importante avaliar as condições que são oferecidas por cada uma das empresas antes de decidir qual a melhor para sua necessidade. Você pode se surpreender com as diferenças nos seguros.

Tenha uma atenção especial para a cobertura!

Os planos mais simples, que normalmente são oferecidos por lojas de varejo, têm cobertura apenas para roubos com violência ou grave ameaça (porte de arma ou arma branca), ou em casos de furto qualificado. Outros tipos de cobertura, como furto, não entram nesse tipo de apólice e uma das formas mais comuns de ocorrência.

seguro para celular

É possível a contratação de serviços adicionais, como: perda do aparelho ou danos físicos, como quebra da tela, do aparelho, queima do display entre outros, porém será cobrado um valor adicional, que nem sempre pode valer a pena, a menos que o conserto iguale ou supere o valor do aparelho.

E sobre a franquia?

O valor que deve ser pago ao beneficiário do seguro em caso de ocorrência de sinistro é que chamamos de franquia. Cada apólice pode ter um determinado tipo de franquia, em alguns casos, pode ser um % do valor do aparelho ou pode ter um valor fixado.

Caso ocorra um sinistro, o valor dessa franquia deve ser descontado da indenização que será paga para a seguradora. É importante avaliar o valor de franquia, para não ser pego de surpresa.

Pagamento da indenização em caso de sinistro

As indenizações em caso de sinistro podem ser pagas em dinheiro ou através de reposição do aparelho, ou um modelo similar. Para os seguros que foram contratados em lojas de varejo, a reposição do aparelho pode ser realizada por meio de uma nova aquisição de um produto da mesma loja, em alguns casos, não precisa ser um celular, pode ser outro item. Mas isso depende da apólice de seguro, mas não haverá a opção de pesquisar preços que forem mais em conta, será obrigatório a obtenção de um novo item diretamente na loja em que foi contratado o seguro.

Se a indenização for paga em dinheiro, normalmente as seguradoras pagam o valor do aparelho, de acordo com valor de nota fiscal, tirando apenas o valor da franquia e % de depreciação do período de uso. A forma que o cálculo é realizado pela seguradora, deve estar constando de forma detalhada na apólice de seguro.

E ainda as seguradoras podem optar por realizar o pagamento do % do valor que foi pago pelo smartphone. Caso o aparelho tenha custado R$1.800 no momento da aquisição, e no contrato estiver descrito que a seguradora irá indenizar em caso de sinistro 85% do valor pago, a indenização que será recebida é de R$1.530. A forma de pagamento precisa estar detalhada no contrato.

Contratação de seguro para celular para aparelhos antigos pode ser realizado?

Não são todos os aparelhos que podem ser segurados, de acordo com regras das seguradoras. A grande maioria das empresas que trabalham com seguro só aceitam a contratação do serviço para aparelhos que tenham um tempo determinado de uso, que pode variar de 30 dias até 2 anos.

Tal período é avaliado a partir da data de compra que está discriminada na nota fiscal do aparelho, logo, é importante preservar a nota, pois ela precisa ser apresentada para que seja possível adquirir o seguro e requerer o sinistro, caso seja necessário.

Mediante todos os pontos, é importante que você avalie a sua necessidade, o tempo de uso do aparelho, o valor de franquia e apólice, para saber se realmente vale a pena a contratação. Se acabou de comprar seu aparelho, pode ser que consiga um desconto para adquirir o seguro!